"Nada é tão nosso quanto os nossos sonhos" (Nietzsche)

Ilha do Amor: O Cartão Postal do Caribe da Amazônia

Ilha do Amor em Alter do Chão, Pará

Ei, gente!


Terminando a série do nosso roteiro pelo Pará, hoje eu venho falar um pouquinho sobre a Ilha do Amor, o principal cartão postal de Alter do Chão. A região é completamente controlada pelas águas da chuva, sendo apenas duas estações no ano: o inverno amazônico, caracterizado pelo período de chuvas intensas que ocorrem entre os meses de janeiro a julho, e o verão amazônico, caracterizado pela seca que ocorre entre os meses de agosto a dezembro. É uma paisagem diferente de tudo que estamos acostumados. Até no período de cheia dos rios é possível fazer passeios incríveis e que não existem na época de seca. São duas possibilidades de viagem completamente distintas.



1 - Ilha do Amor


Banhada pelo Lago Verde, a Ilha do Amor, que não chega a ser uma ilha, é a primeira praia fluvial que você vai ver em Alter do Chão, já que está localizada em frente à vila. Do lado direito, onde ficam as cabanas com cadeiras, está o Lago Verde e do lado esquerdo está o Tapajós. É possível acessá-la a pé e quanto mais seco estiver o rio, mais raso estará o caminho de travessia. Tudo vai depender da época que visitar a região. Uma dica importante para quem resolver atravessar a pé é ir "empurrando" a areia para espantar as possíveis arraias que ficam escondidas no rio. Acredite: casos de pessoas que levaram uma ferroada após pisarem em uma e foram parar no hospital não são raros. O veneno do ferrão provoca dor e inchaço, além de poder causar necrose local! Por isso, a melhor opção é fazer a travessia de catraia (canoa), simpáticos barquinhos de madeira. O trajeto custa R$ 10,00 e pode levar até 4 pessoas, ou seja, se for sozinho ou com mais três pessoas vai continuar sendo R$ 10,00. Esse valor é referente a novembro de 2021.





A Praia do Amor é bastante frequentada, pois é facilmente acessada e tem uma boa estrutura de bares com várias cabanas e cadeiras espalhadas pela faixa de areia. A partir da Ilha do Amor dá para seguir para o Morro da Piraoca ou Piroca? Piraoca: pira = peixe e oca = casa. Nas placas da trilha está escrito Piroca kkkkk. Enfim, o local é o maior morro da região, com 110 metros de altura e oferece uma visão 360° de Alter e arredores. 


Ilha do Amor em Alter do Chão, Pará

Ilha do Amor em Alter do Chão, Pará


2 - Floresta Encantada e Lago Verde


O Lago Verde banha a Ilha do Amor e esconde a Floresta Encantada, localizada a ~3 km de Alter do Chão. O roteiro consiste em um passeio de canoa pela floresta alagada, uma paisagem incrível onde rio e floresta se misturam, vivendo em harmonia durante seis meses do ano. O Lago Verde pode ser visitado nas duas estações, mas a Floresta Encantada depende da cheia, quando as águas inundam a floresta e permite o passeio de canoa. Logo, esse é um passeio para ser feito na época de cheia do rio, durante o inverno amazônico. O ponto de referência para quem vai de carro é o Restaurante Caranazal. A vista do restaurante é linda e o almoço é super indicado.


E assim termino a série de postagens sobre o Pará, um estado incrível e um Brasil diferente de tudo que eu conhecia. Cheio de contrastes e com uma culinária sensacional, esse foi um dos destinos que mais me surpreendeu. Conheçam o Pará! Para mais informações ou sugestões é só deixar seu comentário na caixinha abaixo.


See you later!

Lana Cole.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei, seja bem vindo (a) ao Blog Parada Obrigatória! Fique à vontade para perguntar e deixar sugestões. Com carinho, Lana Cole.