San Andrés - Dicas e Sugestões Sobre os Passeios no Caribe Colombiano


San Andrés é um pequeno paraíso caribenho, pertencente à Colômbia. São ~700 km de distância de Bogotá, em um voo de ~1:40 h de duração. A ilha possui APENAS 26 km², o suficiente para abrigar muito paraísos, sendo que alguns deles ficam um pouco escondidos (confira aqui alguns paraísos em San Andrés). San AndrésProvidencia e Santa Catalina fazem parte de um arquipélago que inclui inúmeras ilhotas (Cays), recifes, atóis, bancos de areia e faz jus a fama de Mar de Sete Cores! Desconfio que sejam até mais de sete! Desde 2010, o arquipélago foi declarado pela UNESCO como Reserva da Biosfera Seaflower. Além de tudo isso, San Andrés abriga a terceira maior barreira de corais do mundo! (a primeira fica na Austrália e a segunda em Belize).

Por estar localizada próximo à linha do Equador, San Andrés possui um clima estável e com apenas duas estações: chuvosa e seca. A temperatura média fica em torno dos 27 ºC e a estação chuvosa começa entre junho/julho e vai até outubro/novembro. Dizem que mesmo nesta época é possível curtir lindos dias de sol, pois a chuva é momentânea. Apesar de estar fora da rota de furacões, San Andrés pode ser atingida indiretamente por furacões no restante do Caribe, causando fortes ventos e chuvas na ilha.

DICA: Se não quiser arriscar, vá entre dezembro e maio. Março e abril são os meses com menor índice de precipitação pluviométrica! Fomos em abril de 2016 e tivemos 8 lindos dias de sol!!! 


A ilha fica LOTADA de turistas! Detesto lugar assim e fiquei super decepcionada no primeiro momento. Depois fomos nos adequando à situação e modificando o roteiro para tentar aproveitar ao máximo sem muita muvuca e conseguimos. Se quiser tranquilidade evite alguns lugares no fim de semana, pois os locais também aproveitam a ilha e ela fica LOTADA MESMO!!! 


DICA: Se não tiver sapatilha de mergulho (ou algum calçado apropriado como papetes), compre logo no primeiro dia. Custam entre COP $ 10.000,00 - 15.000,00 e são vendidas em todo canto. A maioria dos pontos na ilha possui coral e ouriço, além de muitas pedrinhas.


DICA DE ROTEIRO:



1 dia: Cayo Bolívar - Em fevereiro de 2016 a ilha foi fechada, sem previsão de abertura. Caso ela seja reaberta e esteja em seu roteiro, feche o passeio assim que chegar à San Andrés, pois é uma das atrações mais procuradas. 

1 diavolta à Ilha - Nesse dia você poderá curtir La Piscinita, West View, a praia de San Luis, que é bem extensa e vale a pena parar em vários pontos, além de outros lugares que são paradas para mergulho - mesmo que não mergulhe vale a pena parar, pois são locais paradisíacos.

1 dia: Acuario e Mantarraya*** - Para mim não faz muito sentido fazer Acuario + Johnny Cay, pois o tempo de permanência no Acuario é muito curto! Você fica apenas 1:30 h e, na minha opinião, é o lugar que merece mais tempo na ilha. Você pode incluir o passeio de Mantarrayas nesse dia, caso queira ver e fotografar arraias/raias. Nós não fizemos, por total falta de interesse.

1 diaJohnny Cay*** - A ilha também merece um dia só para ela. 

*** caso não tenha tempo suficiente e não se importe em ficar pouco tempo no Acuario, então faça os dois passeios juntos (ou os três, caso inclua o Mantarraya). Isso vai depender da sua disponibilidade e preferência.

OBS: Quatro dias inteiros da para fazer o principal na ilha, porém é pouquíssimo tempo! Esse é o roteiro básico de quem visita San Andrés. Acaba sendo corrido e se alguma coisa der errado ou se quiser repetir algum passeio, não vai ter tempo. Se puder, fique uma semana e te garanto que roteiro não vai faltar. 

1 dia: Rocky Cay - Vá de táxi para Cocoplum e curta a manhã em Rocky Cay - táxi é barato e sempre tem disponível. Após o almoço passe a tarde em Spratt Bight que é maravilhosa!

1/2 dia: Parasail - É um passeio que vale cada Peso e o melhor horário é entre 11:00 - 14:00, por causa da incidência da luz do sol. É um passeio de meio dia, são ~3 horas de duração.

Outros dois passeios bem indicados em San Andrés:

Caiaque no Mangue - É um passeio pela região de manguezais de Old Point, em um caiaque todo transparente, com duração de ~2 horas. O local é lindo e a dica é fazer logo cedo pra pegar a água bem cristalina. Além de remar pelo mangue, também dá para fazer snorkeling. A empresa responsável é a Ecofiwi

Atenção: no Acuario também tem um passeio parecido, em um barco com fundo de vidro, mas vi muitas reclamações. Não confunda os dois passeios.

Passeio de Barco - O passeio faz um tour com paradas para snorkeling em pontos específicos com alguns naufrágios e muita vida marinha.

OBS: Como Cayo Bolívar estava fechada e nós tivemos bastante tempo na ilha, acabamos fazendo o passeio de "volta à ilha" 3 vezes e curtimos muito!

Providência e Santa Catalina são duas ilhas maravilhosas, localizadas a ~95 km de San Andrés. A partir de San Andrés, o trajeto pode ser feito de barco ou avião:

- De avião são ~30 minutos com a vantagem de avistar aquele mar espetacular de cima - a desvantagem fica por conta do valor da passagem! Confira no site da Satena, cia aérea que faz esse trajeto;
- De barco são ~3 horas em um percurso que pode ser super desconfortável. Apesar de custar bem mais barato, talvez não valha a economia. As ilhas estavam em meu roteiro inicial, mas abri mão para curtir o show do Coldplay em Bogotá. Como ficamos dois dias em Bogotá e gastamos com os ingressos, abrimos mão de Providência e Santa Catalina, uma vez que eu não faria a viagem de barco e de avião a viagem ficaria mais cara.


RESUMO DOS PASSEIOS:



1) CAYO BOLÍVAR - A  ilha foi fechada pelo governo, por medidas de preservação. Ficamos sabendo que alguns barqueiros estavam fazendo o passeio “clandestinamente” - li relatos de algumas pessoas comentando no TripAdvisor que conseguiram ir para Cayo Bolívar, mesmo a ilhota estando fechada. Um casal que conhecemos também chegou a agendar e a pagar pelo passeio, mas na última hora foi cancelado, ou seja, parece que nem os "clandestinos" estavam mais fazendo esse passeio. Tenha em mente que ao aceitar conhecer Cayo Bolívar nessas condições poderá ter problemas com a Marinha Colombiana pelo descumprimento da lei! 

Eu não arriscaria, pois quando estava tudo liberado já era uma penitência chegar na ilhota. Antes de viajar eu não estava certa se faria, pois vi vídeos e conversei com uma amiga que foi, e o percurso era sinistro! 50 minutos mar adentro, em uma embarcação pequena que quicava junto com as ondas e molhava tudo. É possível fazer o passeio de catamarã - apesar de ser mais confortável, não molhar e ter ar condicionado, dizem que a viagem enjoa muito mais por ser mais lento. 


Caso a ilha seja liberada e queira conhecer, agende assim que chegar, pois esse passeio não tem saídas diárias e depende da maré. O valor era COP $ 180,000,00.

2) VOLTA À ILHA -  A indicação é fazer esse passeio logo no início, para ter uma visão geral da ilha e saber em quais lugares vai querer voltar - pelo menos eu quis voltar em alguns e fizemos esse passeio três vezes! Pagamos COP $ 100.000,00 no carrinho de golfe (~R$ 132,00) e COP $ 150.000,00 na mula (~R$ 198,00), ambos para rodar o dia inteiro - até às 18:00 que era o limite de horário. 

Já falei sobre o aluguel no post com as dicas gerais sobre San Andrés.

DICA: Se em seu roteiro o Acuário e/ou Johnny Cay estiverem programados para sábado ou domingo, aconselho a trocar o dia, pois nos fins de semana a ilha fica bem cheia e a muvucada atrapalha muito. Sendo assim, deixe a "volta à ilha" para o fim de semana e os outros passeios para dias de semana.


O caminho não tem erro, é só seguir sempre pela orla. Uma amiga me contou que ela e o namorado entraram em uma ruazinha e foram abordados de uma forma não tão simpática pelos moradores locais. Então, evite se desviar do caminho.

Ao dar a volta pela ilha, você passa pelo Hoyo Soplador, por West View, pela Piscinita, pela praia de San Luis - que é enorme e possui muitos cantos lindos que merecem uma paradinha, além de passar por lugares maravilhosos, praticamente inexplorados.


Confira o post sobre pequenos paraísos na volta à Ilha

DICA: Se vir plataformas indicando pontos de mergulho e/ou mirantes, pare e vá conferir, provavelmente irá se deparar com um lindo visual.



Lugares paradisíacos!!!


DICA: Como a ilha fica bem cheia aos domingos, nós aproveitamos para alugar o carrinho de golfe novamente e voltar em alguns lugares que gostamos. Dessa forma conseguimos escapar do fluxo de turistas!

Apesar de você ficar o dia todo com o carrinho, eu achei um dia pouco para aproveitar tudo que tem em volta da ilha. As paradas tradicionais são:

- HOYO SOPLADOR: Se trata de uma abertura/desgaste na rocha causada pela força do mar (um buraco, para ser mais exata kkkkk). Quando a maré está agitada, a água e/ou o ar sobe pelo buraco como se fosse um vulcão jorrando lava. É uma visita bem rápida e sinceramente achei o lugar bem sem gracinha, nem fotografei. Quando fomos, não estava soprando NADA, nem água e nem vento. Passamos lá duas vezes e não vimos nada. O casal que conhecemos também foi duas vezes e não viram nada. Apesar de ser gratuito, alguns moradores ficam te cercando e pedindo para consumirem algo no local. Nós nem demos ideia. Paramos, olhamos e saímos.

WEST VIEW: Lugar maravilhoso! Um azul absurdo de lindo! Custa COP $ 5.000,00 por pessoa (~R$ 7,00) e você recebe fatias de pão para alimentar os peixes. Em um dos quiosques é possível guardar seus pertences. Apesar de não cobrarem, eles dizem que "a propina é voluntária" (propina = gorjeta). A profundidade varia entre 4 e 12 metros e você pode alugar coletes ou macarrão por COP $ 5.000,00.


Apesar de ser um lugar maravilhoso, eu só consegui aproveitar após um certo tempo, pois  estava LOTADO! Foi uma disputa, tanto para descer quanto para subir a escada - são duas escadas: uma antes da escada do Aquanautas e a outra fica ao lado do trampolim, mas todos usavam apenas uma. Quando você tenta descer, tem gente subindo e quando você tenta subir, tem gente descendo. Deveria ter uma escada apenas para subir e outra apenas para descer. Sem falar que toda hora tem alguém pulando do trampolim ou de qualquer outro lugar. Sou chata mesmo! Gosto de lugar sossegado. 

OBSFomos duas vezes e em dois horários diferentes: na sexta por volta das 14:00 e no domingo por volta das 16:30, e estava sempre cheio! Do nada brotava gente pulando da rocha e/ou descendo a escada. De repente, início de semana 
seja o melhor dia e pela manhã seja o melhor horário.


- AQUANAUTAS: Fica em West View e precisa ser agendado com antecedência. Custa COP $ 90.000,00 (~R$ 119,00) e são ~25 minutos embaixo d'água. Não fizemos, por falta de interesse. Para os amantes de mergulho: é aqui que fica a estátua do Poseidon.

A base do Aquanautas ao fundo e a escada de acesso exclusiva deles

- LA PISCINITAÉ menor que West View e com menos peixes, por isso fica mais vazia. Eu adorei porque consegui aproveitar melhor, pois não havia muita gente pulando na água - talvez pela falta de um trampolim, mas vira e mexe aparece alguém pulando das pedras. Vi muita gente decepcionado com a Piscinita por causa da comparação que fazem com West View. São dois lugares distintos que merecem ser visitados e ponto. A água é absurdamente azul como em West View e em muitos outros lugares da ilha. Vá sabendo que se for comparar com West View poderá se decepcionar. Custa COP $ 4.000,00 (~R$ 5,30) e você também recebe fatias de pão para alimentar os peixes. O banheiro custa COP $ 1.000,00 e o colete salva-vidas custa COP $ 10.000,00 (~R$ 13,20), porém foi preciso deixar COP $ 20.000,00 de garantia e no final, quando devolver o colete, você receberá o troco. Achei um absurdo, mas enfim. A profundidade aqui é menor, mas não da pé, pouco mais de 2 metros.


3) El ACUARIO E HAYNES CAY - El Acuário ou Rose Cay (como também é conhecido) é vendido em conjunto com Johnny Cay e antes de viajar havia lido que não valia a pena fazer as duas ilhotas juntas. 

Ao procurar pelo passeio fui informada que independentemente de fazer só o Acuario ou Acuario + Johnny Cay, o tempo de permanência no Acuario seria de apenas 1:30 h. Fechamos o passeio no final da praia principal (Spratt Bight - Peatonal), nesta casinha amarela da foto abaixo: 

Your Dreams - Viajes y Turismos

Pagamos COP $ 25.000,00 cada (~R$ 33,00) e o passeio demorou bastante para sair, mais de meia hora! Sem falar que ali do lado, na Cooperativa Brother's, o passeio custava COP $ 15.000,00 (~R$ 20,00), saiu do mesmo lugar e todos foram no mesmo barco. Ou seja, pagamos mais caro pelo mesmo passeio! 


Não indico: Your Dreams - Viajes y Turismos. Era melhor termos comprado na Cooperativa Multiactiva de Transportes Marítimos - Cooperative Brother's. 


Cooperative Brother's - Peatonal

O percurso demorou 20 minutos. Chegamos ao Acuario por volta das 10:30 e 12:00 partimos para Johnny Cay. Realmente o tempo de permanência no Acuario não é suficiente e o lugar fica LOTADO. Apesar de pequeno, o lugar é um dos mais lindos que já vi e merece pelo menos umas 4 horas. Sem falar que, além do Acuario, tem a ilhota Haynes Cay. A travessia é feita a pé, com água na cintura e não demora 5 minutos.



El Acuario

Atravessando para Haynes Cay, com água na cintura.

Como a maioria das pessoas faz "o combo" Acuario + Johnny Cay, todos chegam ao mesmo tempo no Acuario, o que deixa a ilhota quase intransitável! Nós mal fizemos snorkeling, pois não deu tempo e era muita gente disputando o mesmo espaço. Saí de lá triste, pois queria ter ficado mais.

No dia seguinte fomos até a Tonino's Marine (ao lado da Marina Portofino e do famoso Restaurante La Regatta). Compramos o Acuario para voltarmos às 15:00.  Pagamos COP $ 15.000,00 cada (~R$ 20,00). Saímos umas 09:00 e ficamos até às 15:00. 

Recomendo: Tonino's Marine.

Tonino's Marine

OBS: Me informaram que na Cooperativa Multiactiva de Transoportes Marítimos - Cooperative Brother's, dá para contratar o passeio para o Acuario com volta às 17h. Eu fiquei muito satisfeita em voltar de lá às 15:00 e ficar mais tempo talvez não seja necessário. Veja o que é melhor para você.

O Acuario, sem dúvida nenhuma, merece ser feito sozinho! Na segunda vez conseguimos aproveitar muito! Quando chegamos também estava cheio, porém 12:00 uma turma enorme seguiu para Johnny Cay e o lugar ficou vazio. Foi a melhor escolha que fizemos. Ficamos um bom tempo fazendo snorkeling com pouquíssimas pessoas.

El Acuario por volta das 13:00: VAZIO!

Existem alguns quiosques no Acuario e em Haynes Cay, mas não compramos nada. Li que servem comida em dois restaurantes em Haynes Cay e que é muito saborosa. Nós levamos água, sanduíche, biscoitos e estendemos a canga na pedra, quase um piquenique admirando aquele mar de todas as cores!!! 

No Acuario paguei COP $ 5.000,00 (~R$ 7,00para guardar a bolsa. São vários armários e não vimos chave. Se tinha eles não nos entregaram kkkkk. Só falaram o número do armário e pronto. Para ter acesso aos seus pertences é só dizer o número do armário que eles te entregam.

DICA: Além de fazer o Acuario sozinho, deixe para conhecê-lo em um dia de semana, pois a probabilidade de ter menos gente é maior. Na segunda vez fomos na segunda-feira e estava menos cheio. Caso tenha interesse em ver arraias/raias aproveite para incluir o Mantarrayas no dia em que for ao Acuario. Não tivemos interesse.


Acesse o post completo sobre o Acuario e Haynes Cay.

4) JOHNNY CAY - Uma ilha linda e com um mar maravilhoso. Assim como o Acuario, Johnny Cay também fica cheia, mas as pessoas preferem ficar deitadas nas cadeiras, em um momento mais relax. Nós fomos explorar a ilha e ficamos praticamente sozinhos. Em Johnny Cay ficamos pouco mais de 3 horas e deu para aproveitar bastante. Ao desembarcar na ilha é preciso pagar COP $ 5.000,00 por pessoa de taxa de preservação (~R$ 7,00). O mar em volta da ilha é bem agitado, mas vimos muitas piscinas naturais formadas pelos recifes que represam a água. 

Confira o post completo sobre Johnny Cay.


Aqui também tem a opção de alugar armário por COP $ 5.000,00 (~R$ 7,00e até cadeiras com cabanas, mas nem vimos os preços. Fomos explorar a ilha e nem quisemos saber de cadeiras.



5) COCOPLUM BAY E ROCKY CAY - Cocoplum não possui aquele azul intenso, característico de Caribe e do restante da ilha, pois a coloração da água é esverdeada. Eu achei uma praia mais parecida com o Nordeste do que com o Caribe, porém, à medida que vamos atravessando para Rocky Cay, a água vai se revelando e ficando mais cristalina. Muita gente a considera como a melhor praia por possuir um Beach Club - o Aqua Beach, que pertence a Rede Decameron. Almoçamos por lá e foi um dia muito delicioso, mas ela está looonge de ser a praia mais bonita de San Andrés!!!

Atravessando para Rocky Cay.

Rocky Cay é uma delícia e precisa ser visitada! Existem duas cordas demarcando o local de travessia e a água fica entre a cintura e o peito. Deixamos nossas coisas em uma armário na beira da praia, em Cocoplum, por COP $ 5.000,00 (~R$ 7,00- pegamos a chave e atravessamos levando apenas os óculos, snorkel e a GoPro, pois lá não tem NADA. Deixamos viseira, boné, óculos e saída de praia na beira da pedra e fomos mergulhar. Encontramos uma estrela do mar e fiquei apaixonada! Tiramos fotos e a escondemos de volta, sem que ninguém a visse kkkkk.

Rocky Cay e a mudança drástica na cor da água!


6) SPRATT BIGHT (PEATONAL) - Maravilhosa! É a praia principal, localizada no centro da ilha, de onde é possível avistar Johnny Cay. Assim que chegamos fomos direto conhecê-la e passamos a tarde toda nela. De longe já era possível ver os muitos tons de azul! 





7) SAN LUÍS - Praia lindíssima, bem extensa e com uma enorme barreira de recifes que percorre quase toda a sua extensão, formando piscinas naturais de água quentinha e cristalina! Em uma parte há coqueiros dos dois lados da pista. Um lindo cenário.




O melhor jeito de conhecer San Luís é através da volta à ilha com o Carrinho de Golfe (ou Mula/Scooter/Carro), assim você pode ir parando em vários pontos.

Confira o post sobre San Luis.

8) PASSEIO DE BIKE - San Andrés possui bicicletas gratuitas para TODOS! Basta entrar no site, preencher um formulário, ir até um dos 4 pontos de empréstimo e apresentar o documento cadastrado no site. Os pontos funcionam de domingo a domingo, das 07:00 às 20:00.

Confira o formulário e os termos de uso aqui.



9) PARASAIL - Ficou por último, mas era uma das coisas que eu mais queria fazer na ilha. FOI MARAVILHOSO!!! Sem palavras! Custou COP $ 300.000,00 o casal e valeu cada Peso! (~R$ 198,00 cada). 

O Parasail deve ser agendado assim que chegar a San Andrés, pois é limitado e depende do vento para poder ser realizado. São 4 saídas diárias (08:00 - 11:00 - 14:00 - 16:00) e 10 pessoas por vez. Acreditem, esgota rápido! Escolha o horário das 11:00 ou das 14:00, pois é quando o sol está mais forte e o visual fica mais incrível.


Passamos por alguns estresses antes de conseguirmos fazer o voo de parasail. Eu, o marido e um casal de amigos fomos até a Marina Portofino atrás de quem fizesse esse passeio. Chegando lá, fomos informados que o Senhor RUBEN (guarde bem esse nome) era o responsável por fechar esse passeio e que custava COP $ 150 mil. Falamos que vimos por COP $ 120 mil (havia lido em alguns blogs) e o Ruben ficou SUPER nervoso, disse que era COP $ 150 mil e nenhum Peso a menos. Falamos que a gente iria olhar em outro lugar e o homem se transformou. Ficou mais nervoso ainda. Disse que ele era o ÚNICO que vendia o parasail, que as vagas eram limitadas e estavam se esgotando. Tipo: ou a gente fechava com ele ou ficava sem. Ele foi muito ignorante! Eu fiquei irritada, virei as costas e disse que preferia conferir em outro lugar. A nossa amiga parou e começou a questioná-lo, perguntou como era o barco, se era coberto, o tempo de duração e tal. O Ruben nos chamou, começou a nos tratar melhor, mostrou fotos, nos explicou sobre como era feito e etc. Decidimos fechar com ele, pois ficamos com medo de esgotar e a gente não conseguir fazer o passeio depois. 

Agendamos para dali a 3 dias, às 14 h, pois era o único horário disponível - a gente queria o horário das 11:00 por causa da intensidade da luz solar, mas o horário das 14:00 era o segundo melhor horário. O recibo ficou em nome do marido e esse foi o grande erro. Pagamos COP $ 200 mil adiantados (COP $ 50 mil de cada) e no dia do passeio pagaríamos o restante. Um dia antes do passeio, o casal precisou cancelar o parasail deles e foram atrás do RUBEN. Gente, esse Senhor ficou super mega nervoso. Ele não queria devolver o dinheiro deles e nem cancelar o passeio. Quase teve briga, pois o Ruben foi até o hotel onde eles estavam hospedados para tirar satisfação e deu a maior confusão. Por fim, ele devolveu o dinheiro e acabou cancelando OS 4 PASSEIOS! Foi muito fdp! Nossos amigos deixaram bem claro que era para cancelar apenas 2, mas o Senhor Ruben quis ser zé c* e cancelou tudo. Eu e o marido estávamos em outro passeio e só ficamos sabendo desse estresse mais tarde, quando já havia acontecido.

Nossos amigos ficaram chateados por ter cancelado o nosso parasail, pois eles sabiam que a gente queria MUITO fazer esse passeio. Eles acabaram conseguindo fechar outro na Tonino's Marine (mesmo lugar que indiquei para fazer o Acuario sozinho), porém só restavam duas vagas. Fomos até a Tonino's Marine e a Lina, moça suuuuper simpática, além de nos atender muito bem, conseguiu colocar mais 2 pessoas e encaixou nossos amigos no passeio. Por fim, deu tudo certo. Na verdade, nem tudo. No post sobre o parasail eu conto mais detalhes: 
Confira o post sobre o voo de Parasail.

Contei essa história para você, caro leitor, pois caso queira fazer o parasail não feche com esse Senhor RUBEN. Vá direto na Tonino's Marine e procure pela Lina (ou qualquer outra pessoa que te atenda bem). 

Pelo que vimos só existe um barco que faz o parasail, porém, além do Ruben e da Lina, vimos outra moça oferecendo o passeio no centro da ilha.

OBS: Apesar de San andrés ser um PARAÍSO, a cidade em si tem um aspecto bem pobre e faltam medidas para preservar alguns pontos turísticos. No Acuario a superlotação assusta! Não há um controle de quantas pessoas passam por lá diariamente. Eu fiquei bem assustada com o Senhor que me chamou de assassina (confira no post sobre Cocoplum kkkkk) em Rocky Cay, mas, apesar disso, essa atitude mostra uma preocupação em preservar a ilha. Nem consigo imaginar San Andrés em época de férias, deve ser um pesadelo!!! 


OBS: Na conversão dos valores eu usei o preço que conseguimos no Bancolombia - 759 Pesos Colombianos para cada 1 Real, a gente sacava 600 mil Pesos de uma vez.

See you later!!!


Fontes: <sanandres-colombia.com> <colombia.travel> <discovercolombia.com> <sanandres.gov.co>.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei, seja bem vindo (a) ao Blog Parada Obrigatória! Fique à vontade para perguntar e deixar Sugestões. Att, Aislana Cole