Passeio pelo Centro de Curitiba - PR


Curitiba é uma cidade maravilhosa! Limpa, organizada e que impressiona pela beleza e conservação de seus parques e demais pontos turísticos. Esse post é uma dica de roteiro de um dia pelo Centro Histórico e arredores. Não foi exatamente o que fizemos na época, porém é bem eficiente. É uma dica de passeio para ser feito no domingo, por ser o dia de funcionamento da Feira do Largo da Ordem.


Passeio pelo Centro de Curitiba



Feira do Largo da Ordem 


O Largo da Ordem é o coração do Centro Histórico de Curitiba. A Feira acontece todos os domingos das 09:00 às 14:00 e é super movimentada - aproximadamente 15 mil pessoas passam por lá a cada domingo. Comece o dia por ela, pois a Feira é enoooooorme! São mais de 1000 barraquinhas distribuídas por 8 quadras com diversas opções de produtos: artesanatos, souvenirs, roupas, artigos de decoração, bolsas, bijuterias, comidas e até exposição de carros antigos. A partir dela da para ir a pé até as Ruínas de São Francisco, até o Museu Paranaense, até o Relógio das Flores e até a Mesquita. Assim você aproveita bem o tempo.


Ruínas de São Francisco


Localizada na Praça João Cândido, bem pertinho da Feira. Deveria ser uma igreja, mas as obras nunca foram concluídas.






Museu Paranaense


Foi o primeiro Museu do Paraná e está localizado no Alto do São Francisco - na Praça João Cândido, do ladinho da Feira. Possui um acervo de ~300 mil peças e documentos. Eu gostei bastante da exposição de moedas antigas. O funcionamento é de terça a sexta-feira das 09:00 às 18:00, sábados, domingos e feriados das 10:00 às 16:00. 










Relógio das Flores


Localizado em frente ao Palácio Garibaldi na Praça João Cândido, possui 8 metros de diâmetro, ponteiros com fibra de vidro e funciona à base de emissão vibrátil de quartzo, o que garante maior precisão - suscetível a um desarranjo máximo de 30 segundos por ano. O Relógio é acionado com impulsos eletrônicos de um relógio-comando instalado na Igreja do Rosário. Suas flores são mudadas a cada estação do ano. Eu, particularmente, acho este tipo de relógio um amor! 




Mesquita Imam Ali 


A Mesquita chama muita atenção pela sua beleza, erguida no estilo arquitetônico islâmico. Passamos por ela duas vezes: uma no domingo e estava lotada. A outra vez foi em uma terça-feira e estava fechada.






Rua das Flores


Foi a primeira avenida do país exclusiva para pedestres. O calçadão ocupa 1 km de extensão e abriga alguns canteiros de flores. Eu espera encontrar mais flores, muito mais! Tirando essa parte, o espaço é muito gostoso e conta com cafés, muitas lojas, banca de revista, prédios comerciais e um bondinho que abriga uma pequena livraria pública. A Rua das Flores termina no início da Praça General Osório e está a ~800 m da Mesquita/Feira. 








Praça General Osório 


A Praça é muito bonita,uma das mais arborizadas da cidade e por estar "colada" na Rua das Flores, vale a visita. Nela há sanitários, vestiários e uma pista para caminhada.



Passarela do Futebol em homenagem a Seleção Brasileira que esteve treinando em Curitiba.


Rua 24 horas


Na verdade é uma galeria toda coberta e não funciona 24 horas. A arquitetura é muito bonita - construída em estrutura metálica tubular em forma de arcos, com 116 metros de extensão e dois relógios que marcam 24 intervalos ao invés de 12 (um em cada entrada). Por estar próxima das demais atrações vale a visita, porém não achei interessante para compras, pois muitas lojas estavam fechadas. A 'Rua" conta com poucas lojinhas, uma loja de chocolates de Gramado, sorveteria, um centro de informações turísticas - o Curta Curitiba, algumas opções de alimentação: pizzaria, cafés, Subway, comida japonesa, hambúrguer, sucos e saladas. Está localizada entre as ruas Visconde de Nácar e Visconde do Rio Branco, com funcionamento de domingo a domingo das 09:00 às 18:00.






See you later!!!

Fontes: <guiaturismocuritiba.com> <curitiba-parana.net> <curitibacity.com>

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei, seja bem vindo (a) ao Blog Parada Obrigatória! Fique à vontade para perguntar e deixar Sugestões. Att, Aislana Cole