O Melhor Lugar do ES: Pedra Azul, Domingos Martins


Pedra Azul 


Pedra Azul é um lugar SENSACIONAL que todos deveriam conhecer, principalmente os capixabas. Acredite, muitos capixabas não conhecem! Ou pior, não valorizam. Localizada na Serra Capixaba, Pedra Azul está a 90 km de distância de Vitória (~1:40 h), em um percurso demorado, sinuoso, com vários caminhões lentos pelo caminho, sem falar que o trajeto não é duplicado. Na verdade, apenas alguns poucos trechos são.

O nome Pedra Azul pode ser em referência ao Parque Estadual de Pedra Azul (PEPAZ), à Vila - que na verdade se chama Aracê ou Pedra Azul do Aracê, ou em referência à formação rochosa em si, também chamada de Pedra do Lagarto - nem preciso explicar o motivo, né? as fotos falam por si.


Distrito de Domingos Martins, ao contrário do que muitos pensam, Pedra Azul fica beeem distante da simpática Rua do Lazer de Domingos Martins. São 50 km de distância em um trajeto que dura cerca de 1 hora! Tudo vai depender da quantidade de veículos lentos na pista.

Eu sou apaixonada pela Pedra do Lagarto! É o cartão postal das Montanhas Capixabas e a minha paisagem preferida no ES e uma das minhas preferidas no Brasil! Essa formação rochosa é simplesmente incrível!


A Pedra do Lagarto é uma formação rochosa de granito e gnaisse, com 1822 metros de altura. Ela adquire coloração "azul" devido aos líquens presentes em sua superfície, mudando de cor de acordo com a incidência da luz solar sobre eles - a coloração está mais para um cinza com um fundo bem de longe azulado, porém, independentemente de ser azulada, acinzentada, esverdeada e etc., uma coisa é fato: a coloração é linda e varia muito durante o dia, isso posso afirmar!

Início da Rota do Lagarto

Subir a Serra Capixaba e admirar as suas belas paisagens é minha atividade favorita no ES. O clima é sempre mais agradável e se o dia estiver nublado então, tudo fica ainda mais charmoso e encantador. No inverno a temperatura pode ficar bem perto de 0 °C. Também é comum chuvas de granizo nessa região ao longo do ano.


Esse lugar me transmite paz, acho mágico! Cada vez que visito a região fico impressionada com a imponência da Pedra do Lagarto. Não consigo enjoar, o cenário é perfeito demais! Já perdi as contas de quantas vezes fui contemplar esse paraíso e sempre venho embora sabendo que voltarei. 

Pousada Peterle

O maior atrativo desta região fica por conta da Rota do Lagarto - uma estreita estrada SUPER charmosa de onde é possível avistar a Pedra e seu lagarto de vários ângulos. São 7,0 km de extensão, tendo início nas instalações Peterle - km 88 da BR 262, passando pela entrada do Parque Estadual de Pedra Azul (PEPAZ) - km 2 da Rota do Lagarto e seguindo até o centrinho com alguns bares, restaurantes e cafés. 



Rota do Lagarto

Ao longo do caminho se encontram diversas pousadas, cafés e restaurantes, além de ser o momento ideal para adquirir os deliciosos morangos cultivados na região. É comum encontrar os produtores com suas barraquinhas armadas em pontos estratégicos da Rota do Lagarto

DICA: Os Peterle's abriram uma estufa de cultivo de morangos, mas não funciona no esquema "colha e pague". Você pode passar lá e comprar/encomendar os morangos fresquinhos que são colhidos à medida que amadurecem. Nós estivemos lá em setembro de 2020 e compramos 1 Kg de lindos e deliciosos morangos por R$ 20,00. Existem várias opções de sítios onde é possível visitar e colher morangos. A desvantagem é que muitas pessoas não são cuidadosas e acabam estragando as plantações e os frutos. Adorei o estilo Peterle, pois são os próprios produtores que colhem, garantindo a qualidade do produto.

Restaurante Alecrim

Parque Estadual Pedra Azul


O Parque Estadual Pedra Azul (PEPAZ) se encontra no km 2 da Rota do Lagarto, sendo a porta de entrada para chegar aos pés da imponente Pedra do LagartoO passeio mais famoso é a trilha que leva às 9 piscinas naturais escavas na rocha. Os passeios devem ser agendados com pelo menos 24 hs de antecedência, pois é obrigatório o acompanhamento de um guia do IEMA. Não é necessário fazer agendamento e nem contratar guia. Entretanto, o acesso é limitado, sendo 150 pessoas por dia. A entrada é por ordem de chegada. O horário de funcionamento é das 08:00 às 17:00 de terça a domingo e também nos feriados.

PANDEMIA: devido a pandemia, as visitas foram reduzidas e separadas em dois horários:  das 08:00 às 11:00 e das 13:00 às 16:00, sendo 50 pessoas por turno.

OBS: se for fazer a trilha que sobe até o topo da Pedra é necessário fazer agendamento e usar equipamento de escalada. Acesse o site do Parque Estadual de Pedra Azul aqui.


Esse é um dos estacionamentos que dá acesso ao Parque. Aqui você encontra um café, uma lojinha de souvenirs, banheiros e bebedouros. 

Foto feita ao lado do Bosque das Cerejeiras.



Após ~800 metros de caminhada com uma boa subidinha, chega-se à base do Parque. As trilhas são auto guiadas e interligadas, ou seja, você decide se visita apenas os mirantes ou se se segue até as piscinas naturais. A trilha total tem ~3 km (ida e volta) e leva cerca de 2-3 horas. A primeira parte da trilha te leva aos pés da Pedra do Lagarto. Uma visão MARAVILHOSA! Eu AMO!!! Não me canso de admirar tamanha beleza. Essa parte é super tranquila e tem ~1,1 km (ida e volta).


Primeiro mirante

Segundo mirante

Terceiro mirante






Curiosidade: Os líquens são os responsáveis pela linda coloração da Pedra Azul. Líquens são seres vivos complexos, sendo uma associação simbiótica entre algas e fungos. Eles crescem aderidos ao caule e troncos das plantas, sem ser um parasita. Alguns líquens são bioindicadores da qualidade do ar, pois são extremamente sensíveis à poluição, não sobrevivendo nesses ambientes.


Que energia maravilhosa tem esse lugar!

Após passar pelos três mirantes você vai chegar na parte da trilha que leva às 9 piscinas naturais. O acesso começa a complicar, pois é preciso subir por uma rampa de pedra com uma inclinação de 40° auxiliada por um corrimão de corda. Usar calçado confortável e que não seja escorregadio é uma dica valiosa.

Festa do Morango 


Na Vila a grande atração fica por conta da Festa do Morango que acontece todos os anos em um fim de semana do inverno (geralmente em agosto). A abertura da Festa ocorre sexta-feira às 18:30 e o encerramento domingo às 20:00. Durante os três dias acontecem shows e apresentações de grupos de dança, mas as principais atrações são: o show que acontece sábado à noite e o corte da torta gigante que acontece domingo à tarde (torta de morango, lógico! haha). Em 2014 o show principal ficou por conta do Roupa Nova, em 2015 foi a vez do RPM, em 2016 a atração principal foi a banda Skank, em 2017 foram os Titãs e em 2019 foi a vez do Frejat - esses foram os shows que assisti. Confira a programação da última Festa do MorangoO local da Festa é parcialmente coberto e não é calçado, o chão é de areia e isso incomoda muito! Mulheres, lembrem-se disso ao escolherem seu calçado. O espaço é grande e abriga barraquinhas de bebida, comida, guloseimas e acessórios. Os banheiros são grandes, limpos e em alguns momentos ficam super lotados, com uma fila gigantesca! Então, não espere ficar muito apertada (o) para ir ao banheiro porque a espera pode ser loooonga.

28ª Festa do Morango 2015 - RPM


Fjordland 


É famoso pela Cavalgada Ecológica com cavalos noruegueses da raça Fjord. O passeio percorre trilhas que margeiam a Pedra do Lagarto e o local conta com um Café bem charmoso, estrategicamente localizado, em frente a Pedra Azul. O local é ideal para degustar o famoso Café Orgânico Heimen enquanto aprecia a linda vista do deck de madeira. Confira aqui o site do Fjordland.



Heimen Coffee - Torta Holandesa e Capuccino


Café Colonial Peterle


Uma opção para sair da rotina é passar o dia (ou um fim de semana, claro!) em Pedra Azul e se deliciar com o café colonial, mais para o finalzinho da tarde. As instalações Peterle compreendem o Café Colonial, o Restaurante/Lanchonete, a Pousada e uma estufa de morangos, como relatei acima. Todos funcionam de forma independente e estão localizadas às margens da BR 262, no km 88, início da Rota do Lagarto - pensa em uma vista privilegiada! Já pesquisei por café colonial na região serrana do estado, mas os poucos que encontrei geralmente precisam ser agendados com antecedência e exigem uma quantidade mínima de pessoas. O café colonial Peterle é sensacional!!! Funciona todo fim de semana e feriados. A última vez que estive no café, em março de 2019, estava custando R$ 45,00/pessoa. O valor é fixo e você come o quanto quiser! Agora tem a opção de pagar R$ 45,00 para comer à vontade ou de comer no quilo (R$ 65,00). Acho o buffet bem completo e saboroso. Além de pães, bolos, tortas, doces, salgados, geleias, queijos e demais frios, há caldos, polenta, molho de carne moída, lasanha, empadão e etc. Para beber tem leite, capuccino em pó, achocolatado em pó, café e chá. Acho que poderiam incluir alguma outra bebida (água ou um suco), pois em Gramado os cafés coloniais costumam oferecer vinho e suco de uva incluídos no valor. 




Ei, capixaba! Se ainda não conhece esse lugar encantador, não perca mais tempo. Ei, turista! Inclua Pedra Azul em sua visita ao ES, mesmo que seja em um bate-volta ou aproveite para dormir em uma das inúmeras pousadas super charmosas da região.

Dicas: Além do Café Colonial Peterle e do restaurante Alecrim, também existem outras ótimas opções, como: o restaurante Don Due (antigo Don Lorenzoni),  a Tuia - Gastronomia e Arte, o Ateliê do Chocolate - aqui tem um dos melhores chocolates quentes da vida! Chocolate branco quente com Nutella! Além de alguns outros. 

Outro lugar que vale super é o Altoé da Montanha - Café Colonial, em Venda Nova do Imigrante, ~20 minutos da Rota do Lagarto. A pizza de polenta recheada com socol é sensacional! 

Considerações


Verdade seja dita: essa é uma região cara e sem muitos atrativos. Os valores de hospedagem podem passar de R$ 1000,00 a diária na alta temporada, principalmente em épocas de feriados. O que mais me entristece é a falta de opção de restaurantes e os horários de funcionamento. A Rota do Lagarto é super charmosa, mas passa longe das famosas Borges de Medeiros em Gramado, na Serra Gaúcha, e da Vila Capivari em Campos do Jordão, na Serra Paulista Em Pedra Azul você mal consegue aproveitar a noite, pois a maioria dos cafés e restaurantes só abrem nos finais de semana e fecham cedo, por volta das 18:00 - 19:00. Se for fora da temporada então... Esquece! É capaz de não encontrar nada aberto. É inacreditável encontrar os poucos restaurantes que têm fechados à noite. Principalmente durante os feriados. Já visitei Gramado e Campos do Jordão e fiquei encantada, porém triste quando comparei com a nossa Serra Capixaba. Você pode pensar "ah, mas não tem comparação". Realmente, NÃO TEM COMPARAÇÃO! Só não tem comparação porque o ES é bem atrasado em relação ao turismo! Apenas por isso não existe comparação entre essas cidades, pois em relação às belezas naturais, a Pedra do Lagarto é uma das formações rochosas mais impressionantes que já vi! Uma pena que as autoridades responsáveis não valorizem essa preciosidade! Falta (e muito) incentivo e investimento no turismo. É lamentável!!! 


See you later!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei, seja bem vindo (a) ao Blog Parada Obrigatória! Fique à vontade para perguntar e deixar Sugestões. Att, Aislana Cole